22 dezembro 2014

Conscientização

          Os espíritos, através do contato mediúnico, trazem as idéias para nos ajudarem a entender a palavra de Jesus que ainda nos é de difícil entendimento.

            O primeiro laboratório difícil que temos que enfrentar é nossa própria família.  Nem sempre pensamos e agimos em sintonia. E desde cedo, temos que aprender a lidar com as adversidades e diversidades. E é na família que estão os primeiros passos da nossa evolução. A finalidade da reencarnação é aprendermos a compreender, ao invés de querermos ser compreendidos, sejam por nossos pais, amigos etc. Podemos falhar, mas temos que estar atentos para essas falhas e aptos a querer mudá-las.

Espiritismo também é acreditar que existe vida além da morte. Ter a consciência de que há uma vida além desta agora. E por isso, é nosso dever nos transformar aqui na Terra, em seres melhores.

Jesus nos disse que OU servimos a Deus ou a Mamon. Isso significa que devemos aprender a nos posicionar no bem, com convicção. Assim como não dá para uma mulher ser “meio grávida”, por exemplo, ou ela está grávida ou não está, devemos ser nós seres humanos. Ou somos boas pessoas ou não somos.

Quando algo nos convém, nós aceitamos, mas na dificuldade ainda questionamos a Deus. Por isso, as coisas não fluem em nossas vidas.

Nas dificuldades, devemos nos unir a Deus, aprender a ser humildes para conquistar aquilo que queremos e não questioná-Lo.

Ser dócil, não é fazer teatro. É você saber se posicionar, compreender o erro das pessoas. Não entrar em discussão, mas em prece para ter sabedoria em como resolver.

“Querer é poder”